quinta-feira, 24 de maio de 2012

Por que é importante a greve dos estudantes?


Um trecho MANISFESTO ESTUDANTIL FURG formulado pelos estudantes que se encontram ocupando a reitoria:
‘’A greve é um instrumento de pressão utilizado por estudantes, operários ou funcionários, para obter reivindicações de interesse coletivo, condicionado por fatores sociais, políticos e econômicos. A greve é uma forma de manifestação legítima para defesa dos direitos coletivos, garantida, após intensas lutas, pela Constituição de 1988. Ela já foi considerada ilegal, e ainda hoje persistem resistências aos movimentos grevistas. Ciente disso, viemos por meio deste manifesto esclarecer a greve estudantil em andamento na Universidade Federal do Rio Grande –FURG.
Historicamente o movimento estudantil brasileiro, através de sua representatividade, influenciou em momentos decisivos da nossa história, como a redemocratização do país, a derrubada de um presidente e a greve e ocupação de reitoria contra a reforma universitária engendrada pelos decretos do então Ministro da Educação, José Serra.
A Greve Estudantil da FURG consolidou-se como um movimento autônomo, apartidário e pacífico, paralelamente à greve dos professores, com reivindicações em comum  e  reivindicações próprias. Tem como pautas emergenciais a suspensão imediata do calendário letivo e o apoio à greve docente. A  pauta local de reivindicações dos estudantes está sendo permanentemente traçada graças à permanência ativa dos estudantes no campus.’’
A greve dos estudantes se faz importante por que é uma maneira de pressionar os professores que estão furando a greve, enfraquecendo o movimento, a aderi-la. Depois que nós, estudantes de oceanologia, decidimos em assembleia que iríamos apoiar os docentes e aderir à greve estudantil alguns professores, que não participavam do movimento até então, cancelaram as suas aulas ou decidiram não cobrar presença dos alunos. Outra conquista importante adquirida após a adesão à greve estudantil foi à definição da data que o CONSELHO UNIVERSITÁRIO iria se reunir para decidir o cancelamento ou não do calendário, que já é nesta sexta-feira às 14h. Alguns alunos da FURG estavam tendo aulas de alguns professores e de outros, grevistas, não.  Se o calendário não fosse definido corria o risco dos aulas terem algumas aulas agora e outras durante as férias, por que o numero de aulas que devem ser dadas no ano não pode ser reduzido.
Não é só a FURG que declarou greve dos estudantes, mais 19 universidades estão neste estado e 44 somente em greve dos professores. O movimento esta com muita força e repercussão nacional. Tenho acompanhado a mídia televisiva e em todos os jornais de ontem se falou sobre a GREVE ESTUDANTIL DA FURG, inclusive no Jornal Nacional.
Esta pressão fez com que o ministério da educação marcasse uma reunião com os representantes grevistas que estão em Brasília já para segunda -feira, demonstrando que a situação tende a se resolver o mais rápido possível devido a força e pressão do movimento.
A greve dos estudantes não significa que não queremos aula, muito pelo contrário. Nós queremos a volta às aulas o mais rápido possível, por isso é importante que ninguém fure a greve. Está é uma maneira de pressionar o governo para que as negociações com os professores aconteçam o mais rápido possível e as pautas locais sejam levadas e atendidas de maneira rápida e efetiva, já que eles são nossos porta-vozes.

Qualquer dúvida estou aberta a perguntas.
Meu telefone é: 81386522
Abraço,
Carol Amorim = Cebolera

4 comentários:

Anônimo disse...

Vai estudar...
É só que me faltava
aluno pedindo que os professores entrem em greve.
Daqui a pouco vai ter candidato a vereador entrando em greve para aumentar o salario dos vereadores... afinal eles serão os profissionais de amanhã.
Pensem um pouco, se aluno não quer aula é mais fácil fechar a universidade.

Raquel disse...

SAI DO ANONIMATO, SEU CAGÃO!!!!!!

O farol disse...

Pelo visto o "anônimo" tem uma pequena dificuldade de interpretar textos. Podes me procurar para tirar dúvidas, talvez tu não tenhas dificuldade de audição e poderás entender o movimento.;]

Carol Amorim

Vinícius Collares Dalla Riva disse...

Carol = Cebolera HAHAHAHA

Quanto ao Anonimo, lamentavel. Não merece nem resposta quem não tem coragem nem de se identificar..

Tamo junto Carol

Ace